Posts Tagged ‘femagri’

Presidente da Cooxupé avalia positivamente a 12º FEMAGRI em Guaxupé

segunda-feira, março 18th, 2013

Por Fabio Alvarenga

Com recorde de público presente, aproximadamente 23 mil pessoas em três dias, a Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, encerrou na última sexta-feira (15) a 12ª edição da FEMAGRI, a Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas, em Guaxupé, sul de Minas Gerais. Após o encerramento da feira, que tem o intuito de disseminar as inovações tecnológicas para os cafeicultores da região, o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino da Costa, fez um balanço positivo do evento.

“O balanço é positivo, principalmente pelo número de pessoas presentes aqui. O produtor quer investir naquilo que vai trazer resultados. O produtor está acreditando no negócio dele”, explicou o presidente da cooperativa.

Em 2012, a feira movimentou cerca de R$ 70 milhões de reais em vendas. A expectativa é que o montante seja semelhante este ano. De acordo com Carlos Paulino, mesmo com a queda do preço do café em 2013, os produtores continuam investindo, principalmente com o pagamento parcelado instituído pela cooperativa.

“O produtor está triste, mas não está desanimado. Ele está investindo. E nós temos costume de trocar café por equipamentos. Como o preço caiu muito este ano, criamos a modalidade de pagamento em três parcelas anuais. Se ele compra um equipamento por 100 sacas de café, ele paga em setembro de 2013, em 2014 e em 2015, o que dá mais condições financeiras para as compras”, explicou.

Nesta edição a FEMAGRI teve como tema “Manejo mecanizado gerando resultados” e contou com mais de 140 estandes, estações experimentais e palestras. Os cafeicultores puderam aprender mais sobre a granelização do café e de fertilizantes, adequação da propriedade à legislação de defensivos, destino das águas residuárias, fossas sépticas, entre outros temas.

Animado com as novidades da FEMAGRI, o produtor de Carmo do Rio Claro, no sul de Minas, Moacyr Mendes Galvão, de 73 anos, elogiou a organização do evento e destacou a importância para os pequenos, médios e grandes produtores.

“A gente vê novidades, lançamentos novos. É a oportunidade que o produtor tem de fazer comparações de preços entre as empresas, ver o funcionamento dos maquinários. É muito bom. Os organizadores estão de parabéns”, disse o cafeicultor, que produz cerca de seis mil sacas de café por ano.

Atualmente, a cooperativa comercializa mais de cinco milhões de sacas de café por ano, com cerca de R$ 3 bilhões de faturamento anual. A Cooxupé engloba cerca de 12.000 cooperados e 1.900 colaboradores e recebe café produzido em mais de 200 municípios localizados nas regiões sul de Minas, Alto Paranaíba (Cerrado) e Vale do Rio Pardo, no estado de São Paulo. Além disso, exporta para 41 países.

Durante o evento na quinta-feira (14), foi assinado também um convênio entre a Cooxupé e o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Com um orçamento de R$ 580 mil, o investimento é 23% maior do que o do ano passado e tem como objetivo oferecer cursos aos cooperados e melhorar o nível tecnológico da lavoura.

Superintendente do SENAR Minas, Antônio do Carmo, o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino da Costa, o coordenador do INCT Café, Mário Lúcio Vilela de Resende, e o gerente regional do SENAR, Rodrigo Diniz.